Rabanadas douradas

A confecção destas rabanadas douradas é, talvez, das receitas de Natal, a mais fácil de preparar. É uma receita economica e muito rápida pois fica pronta em menos de 30 minutos. Dá para 8 pessoas.

Ingredientes
  • 8 fatias de pão de forma
  • 350 g de açúcar
  • ovos moles
  • canela q. b.
  • limão
Preparação
  1. Faz uma calda de açúcar em ponto fraco com o açúcar e água. Passa as fatias de pão pela calda e de seguida pelos ovos moles.
  2. Coloca numa travessa, polvilha com canela e enfeita com lâminas fininhas de casca de limão.

Peru recheado

A preparação do peru recheado desta forma é uma boa sugestão para o almoço de Natal. Depois da consoada esta é a refeição mais importante da quadra Natalícia. Esta receita leva mais de 3 horas a ficar pronta e dá para 8 pessoas.

Ingredientes
  • 1 peru grande
  • 400 g de carne de porco
  • 200 g de miolo de pão
  • 150 g de presunto
  • 150 g de manteiga (ou margarina)
  • 100 g de fiambre
  • 50 g de toucinho
  • 2 ovos inteiros
  • 3 cenouras
  • 2 cebolas
  • 1 dente de alho
  • 1,5 dl de leite
  • vinho branco
  • 1 colher de sopa de pickles
  • 1 colher de sopa de azeitonas
  • salsa, sal e pimenta q. b.
Preparação
  1. Arranja o peru como habitualmente. Passa pela máquina o fiambre, o presunto, o toucinho, a carne de porco e os miúdos do peru.
  2. À parte, pica uma cebola e coze-a brandamente com 1 colher de sopa de margarina. Junta às carnes picadas o alho, salsa, as azeitonas e os pickles picados. Adiciona o miolo do pão amolecido no leite e uma cenoura cozida e cortada em tiras. Junta os ovos inteiro e tempera com sal e pimenta ao teu gosto.
  3. Recheia o papo do peru, cosendo-lhe a pele com uma agulha e linha. Ata o peru e coloca-o num tabuleiro de ir ao forno. Rega com a restante margarina derretida. Leva a assar no forno com a restante cebola, cenouras e salsa.
  4. A meio da cozedura borrifa com vinho bramco. Depois do peru assado, retira as linhas e serve com forminhas de arroz, cenouras estufadas e agriões.

Filhós de forma

Esta receita de filhós de forma é mais um doce tipico da quadra Natalícia. Leva cerca de 1 hora a ficar pronta e deve render pelo menos 8 filhóses. É necessária uma forma (de filhós) na elaboração desta receita. Esta pode ser comprada num supermercado perto de ti.

Ingredientes
  • 500 g de farinha
  • 2 laranjas
  • 5 ovos
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 cálice de vinho do Porto
  • água e sal q. b.
  • açúcar e canela para polvilhar
Preparação
  1. Peneira a farinha para dentro de uma tigela. Junta uma pitada de sal, açúcar e água suficientes para obteres uma massa mole. Adiciona as gemas, a raspa da casca das laranjas, o vinho do Porto e deixa a massa repousar. Na altura a ser utilizada incorpora as claras batidas em castelo.
  2. Mergulha a forma de filhós em óleo bem quente, deixa escorrer e introduz a forma na massa. Coloca a forma no óleo, sacode-a para a massa cair e deixa fritar até alourar. Repete o processo até acabar a massa. Serve a filhós polvilhada com açúcar e canela.

Corvina no tacho com ervilhas e cenoura

Esta receita de corvina no tacho acompanha com ervilhas e cenouras aos cubos. Na verdade é muito prática e fácil de preparar. Conta com um tempo de preparação e cozedura de pouco mais de meia-hora. É uma receita economica que dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 4 postas de corvina
  • 400 g de batatas
  • 120 g de ervilhas
  • 100 g de cebola
  • 100 g de tomate aos cubos
  • 100 g de cenoura aos cubos
  • 20 g de coentros
  • 20 g de salsa
  • 5 cl de azeite
  • sal e pimenta q. b.
Preparação
  1. Leva ao lume o azeite com as rodelas de cebola, coloca por cima as postas de corvina e tempera com sal e pimenta ao teu gosto. Coloca outra camada de cebola, as ervilhas, o tomate e a cenoura aos cubos.
  2. Rega com um pouco de água, cobre com um testo e leva a cozinhar em lume muito brando durante cerca de 20 minutos. Salpica com salsa e coentros e serve com as batatas cozidas regadas com azeite.

Palmiers

Os palmiers são crocantes feitos à base de massa folhada e dourados no forno. A receita destes bolinhos é economica e fácil de preparar apesar de levar cerca de 1 hora a ficar pronta. Podes servi-los num lanche acompanhado com chá ou sumo. Rende cerca de 12 palmiers.

Ingredientes
  • 200 g de massa folhada
  • 100 g de açúcar em pó
  • 1 colher de sopa de farinha
  • papel vegetal  para forrar
  • manteiga q. b. para untar
Preparação
  1. Espalha a farinha numa superficie lisa e polvilha com o açúcar em pó. Com um rolo estende a massa de modo a formar um quadradro com cerca de 1 cm de espessura. Enrola a massa de um lado até ao meio e do outro lado também até ao meio. (enrolam-se as pontas dos dois lados até se encontrarem ao meio).
  2. Leva ao frigorífico por 15 minutos para que a massa fique um pouco mais firme. Com uma faca bem afiada corta rodelinhas com cerca de 1 cm de largura, tendo o cuidado de não apertares muito a massa para não deformar os palmiers. (vira a massa de modo a que a junção dos dois "rolos de massa" fique virada para baixo).
  3. Forra um tabuleiro com papel vegetal untado com manteiga e coloca as rodelinhas de palmiers (deixa-os espaçados entre eles, pois no forno crescem). Leva ao forno a 210ºC por cerca de 15 minutos ou até ficarem douradinhos. Retira os palmiers do forno e coloca-os numa rede para que arrefeçam.
Dica para conservar

Se não pretenderes consumir os palmieres no dia da sua confecção, deixa-os arrefecer e guarda-os numa caixa hermética para continuarem estaladiços.

Esparguete com fiambre e ervilhas

Esta receita de esparguete com fiambre e ervilhas é muito fácil de preparar. É uma receita economica que leva cerca de 45 minutos a ficar pronta e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 250 g de esparguete
  • 250 g de ervilhas
  • 100 g de fiambre cortado em tiras
  • 100 g de queijo  da Ilha ralado
  • 100 g de queijo mozzarella ralado
  • 50 g de manteiga ou margarina
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 4 dl de natas
  • sal e pimenta q. b.
Preparação
  1. Coze o esparguete em água temperada com sal até ficar tenro mas firme. Escorre-o bem. Leva a manteiga a derreter em lume brando, junta a farinha e as natas e deixa engrossar, mexendo sempre.
  2. Adiciona (sem parar de mexer) as ervilhas e o queijo. Quando o queijo derreter, junta o fiambre e deixa apenas aquecer.
  3. Coloca o esparguete numa travessa aquecida e rega com o preparado anterior, envolvendo bem.

Frango com molho de natas

Esta preparação de frango com molho de natas é uma receita  muito economica e bastante fácil de preparar. Leva cerca de 45 minutos a ficar pronta e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 1 frango com cerca de 1,5 kg (arranjado e cortado em pedaços)
  • 350 g de cenouras
  • 150 g de aipo
  • 3 colheres de sopa de óleo
  • 1,5 dl de água
  • 2 dl de natas
  • sal e pimenta q. b.
Para acompanhar
  • 300 g de arroz Agulha cozido e quente
Preparação
  1. Aqueçe o óleo e deixa alourar bem os pedaços de frango. Tempera com sal e pimenta e junta a água. Quando levantar fervura, tapa e deixa cozer por cerca de 20 minutos em lume brando.
  2. Adiciona o aipo e as cenouras, tapa e deixa cozer por 15 minutos. Vai mexendo de vez em quando.
  3. Com a ajuda de uma escumadeira, retira os legumes e o frango e dispõe sobre o arroz numa travessa aquecida.
  4. Tira o excesso de gordura ao molho que ficou no tacho e junta as natas. Leva a lume médio e deixa aquecer sem ferver. Deita o molho sobre o frango e os legumes e serve de imediato.

Sopa de castanhas

Esta receita de sopa de castanhas é rica e saborosa. Ideal para acompanhar as noites mais frias, esta é uma receita economica, fácil e rápida. Fica pronta em cerca de 30 minutos e dá para 6 a 8 pessoas.

Ingredientes
  • 500 g de castanhas
  • 250 g de courgette
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 5 g de erva doce
  • 1 talo de aipo
  • azeite q. b.
  • sal marinho q. b.
Preparação

  1. Faz um refugado em azeite com a cebola e o alho bem picados. Junta as castanhas, a courgette aos cubos e metade do aipo picado. Adiciona água suficiente, a erva doce e deixa ferver.

  2. Tritura tudo de modo a obteres um creme aveludado. Coloca o restante aipo em pequenos cubos e deixa cozer mais um pouco. Tempera com sal e azeite ao teu gosto. Serve bem quente.
Sugestão: podes guardar algumas castanhas inteiras para decoração.

Caçarola de seitan com legumes

Caçarola de seitan com legumes é uma receita vegetariana. No entanto ela oferece uma alternativa vegan. Basta substituir o queijo atabafado por cubinhos de tofu-coalho de soja (feito a partir de feijão de soja triturado). Fica pronta em cerca de 30 minutos e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 550 g de legumes para base de sopa
  • 300 g de seitan
  • 200 g de arroz agulha
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 3 pés de tominlho fresco
  • 1 dl de vinho branco
  • 1 queijo Atabafado
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de sementes de girassol
  • 1 colher de chá de sal marinho
Preparação
  1. Coloca um tacho ao lume com o azeite e deixa aqueçer. Deixa alourar a cebola e os dentes de alho previamente descascados e picados. Junta os legumes e mexe. Tempera com o sal ao teu gosto e polvilha com folhinhas de tomilho. Tapa e deixa suar os legumes durante cerca de 5 minutos.
  2. Adiciona o seitan cortado às tiras juntamente com o vinho branco e envolve tudo muito bem. Tapa e deixa cozinhar por mais 5 minutos em lume brando até os legumes ficarem macios.
  3. Entretanto coloca outro tacho ao lume com bastante àgua. Deixa ferver, tempera com sal ao teu gosto e junta o arroz. Deixa cozer e escorre bem com a ajuda de um coador de rede. Reserva em lugar quente.
  4. Serve o seitan com os legumes numa travessa e salpica com o queijo cortado aos cubos muito pequenos. Polvilha com as semente de girassol e acompanha com o arroz cozido simples.

Bacalhau à brás

Bacalhau à brás, também conhecido como bacalhau dourado ou à lisbonense, é um dos pratos de bacalhau mais conhecidos e apreciados não só pelos portugueses mas também por estrangeiros. É uma receita que dá para 4 pessoas e leva cerca de 1 hora a ficar pronta (sem contar com o tempo de molho do bacalhau).

Ingredientes
  • 500 g de bacalhau
  • 500 g de batatas
  • 350 g de cebolas
  • 5 ovos
  • 2 dentes de alho
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • azeitonas pretas
  • sal e pimenta q. b.

Preparação

  1. Deixa o bacalhau de molho de um dia para o outro, em água fria, com a pele virada para cima. No dia seguinte retira a pele e as espinhas, envolve as lascas num pano e esfrega-as sobre uma mesa. O bacalhau deve ficar em fios (desfiado).

  2. Descasca e lava as batatas e corta-as em palha, com a ajuda de um moinho ou de um ralador. Lava-as depois em várias águas, escorre-as e enxuga-as num pano. Descasca e pica os dentes de alho. Descasca e corta as cebolas em rodelas finíssimas.

  3. Leva o azeite ao lume numa frigideira e, depois de quente, junta-lhe os dentes de alho. Assim que o alho começar a alourar, adiciona imediatamente as batatas e frita-as ligeiramente, mexendo sempre com um garfo, para evitar que fiquem coladas umas às outras (as batatas devem parecer mais cozidas do que fritas).

  4. Retira as batatas e, na mesma gordura, deixa alourar as cebolas. Junta o bacalhau, envolve-o bem nas cebolas e deixa cozer durante cerca de 5 minutos. Introduz as batatas novamente na frigideira, mexe e rega com os ovos batidos e temperados com sal e pimenta. Mexe sem parar sobre lume médio, de modo que os ovos fiquem macios.

  5. Serve bem quente, polvilhado com salsa picada. Decora com as zeitonas pretas.

Torta de atum

Esta receita de torta de atum é fácil de preparar embora leve cerca de 1 hora a ficar pronta. Pode render entre 6 a 8 fatias dependendo do apetite de cada um... O atum deve ser em posta em óleo de girassol.

Ingredientes para a massa
  • 120 g de farinha
  • 4 ovos
  • 2 dl de leite
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 colher de sopa de azeite
  • margarina para untar
  • farinha para polvilhar
  • pão ralado para polvilhar
  • 1 pitada de sal
  • papel vegetal
Ingredientes para o recheio
  • 2 latas de atum em posta em óleo de girassol
  • 2ovos cozidos
  • 1 cebola
  • salsa picada
  • 3 colheres de sopa de maionese
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Forra um tabuleiro de ir ao forno com papel vegetal, barra com margarina e polvilha com farinha. Liga o forno a 180º C.

  2. Deita os ovos numa tigela. Junta o azeite, o leite e uma pitada de sal e bate bem. Adiciona a farinha misturada com o fermento e bate mais um pouco. Deita depois no tabuleiro, espalha e leva ao forno durante cerca de 15 minutos.

  3. Entretanto prepara o recheiro. Começa por escorrer bem o atum, deita-o numa tigela, esmaga-o com o garfo e adiciona a cebola e a salsa picadas. Tempera com sal e pimenta moída, junta a maionese e mistura bem.

  4. Retira o tabuleiro do forno e desenforma para cima de um pano polvilhado com pão ralado e rejeita o papel vegetal. Espalha a mistura do atum em cima da massa, polvilha com os ovos cozidos bem picados, enrola com a ajuda do pano e deixa repousar um pouco. Serve a torta cortada em rodelas decoradas a gosto.

Ananás com hortelã e gelado de nata

Ananás com hortelã e gelado de nata é uma sobremesa deliciosa que fica pronta em poucos minutos e é uma receita muito fácil de preparar. Podes substituir o gelado de nata por gelado de baunilha ou até mesmo de chocolate.

Ingredientes
  • 1 ananás médio
  • 4 hastes de hortelã
  • 1 limão
  • 80 g de açúcar
  • gelado de nata para servir
Preparação
  1. Corta o ananás em metades no sentido do comprimento. Retira parte da polpa das duas partes. Corta-a em pedaços pequenos e mistura com as folhas de hortelã, lavadas, enxutas e picadas e misturadas com o açúcar e o sumo do limão.
  2. Divide esta mistura pelas cascas do ananás e adiciona bolas de gelado de nata. Decora ao teu gosto e serve (na casca do ananás).

Papelotes de solha

Esta receita de papelotes de solha é uma receita simples e prática de preparar. Dá para 4 pessoas e leva pouco mais de meia hora a ficar pronta. Podes servir o puré de batata moldado com a ajuda de um saco de pasteleiro.

Ingredientes
  • 4 filetes de solha
  • 1 cebola
  • 1 tomate grande
  • 1 cenoura tenra
  • 1 limão
  • manteiga q. b.
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Corta cada filete em metades no sentido da largura. Coloca 2 filetes sobre quatro quadrados de folha de alumínio e tempera com sal e pimenta ao teu gosto.

  2. Dispõe por cima rodelas de cebola e de tomate, cenoura cortada em juliana e pedaços de manteiga. Fecha os papelotes, coloca-os numa assadeira e assa no forno pré-aquecido, durante deca de 25 minutos.

  3. Abre os papelotes, coloca-os nos pratos e serve com puré de batata e fatias de limão com casca.

Almôndegas de carne e queijo

As almôndegas de carne e queijo é uma entrada muito fácil de preparar. É uma receita economica que dá para 4 pessoas. Podes moldar mini-almôndegas para um serviço mais fácil e uma melhor apresentação.

Ingredientes
  • 400 g de carne moída
  • 2 ovos
  • 3 claras
  • farinha de trigo
  • pão ralado
  • óleo para fritar
  • 1 dente de alho
  • queijo de ovelha pouco curado
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Mistura, numa tigela, a carne picada com as claras mal batidas, uma pitada de sal e de pimenta e 4 colheres de sopa de farinha. Molda pequenas bolas. Achata-as entre as mãos e no centro coloca um pedaço de queijo. Volta a fechar a carne à volta do queijo de modo a que fique todo coberto (no centro). 

  2. Passa as almôndegas por farinha, depois por ovos batidos e finalmente por pão ralado. Frita as almôndegas em bastante óleo fervente juntamente com o dente de alho com casca. Escorre o excesso de gordura e serve ao teu gosto.

Vitela com molho de presunto

Esta receita de bifes de vitela com molho de presunto é na realidade uma receita muito simples e prática de preparar no dia-a-dia. É um prato economico e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 4 bifes de vitela
  • farinha de trigo torrada
  • 75 g de presunto
  • 4 colheres de sopa de leite
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 cálice de vinho do Porto seco
  • pimenta em grão
  • 1/2 limão
  • sal q. b.
Preparação

  1. Passa os bifes ao de leve por farinha e deixa alourar numa frigideira com o azeite bem quente. Tempera a carne com sal e pimenta mal moída e apura um pouco mais. Retira os bifes para uma travessa e conserva-os quentes. 

  2. Junta à gordura da frigideira o presunto em cubinhos. Salteia rapidamente e rega com o leite, o vinho do Porto e o sumo de limão. Deita o molho quente sobre os bifes e serve com tiras de pão frito, polvilhados com salsa picada. Acompanha com arroz branco e salada.

Pudim de uvas

Este pudim de uvas é uma receita simples mas pode ficar mais requintado se for enfeitado com meias rodelas de ananás e cerejas cristalizadas. Esta sobremesa fica pronta em menos de 30 minutos e dá para 4 a 6 pessoas.

Ingredientes
  • 1 cacho de uvas pretas
  • 5 folhas de gelatina
  • 250 g de açucar
  • 350 g de natas
  • 0,5 dl de leite
  • 1 vagem de baunilha
  • 4 colheres de sopa de tríplice
Preparação

  1. Põe a gelatina a amolecer numa tigela com água fria. Leva o leite ao lume com 200 g de açúcar e a vagem de baunilha. Mantém sobre lume brando até o açúcar derreter. Retira o tacho do lume e junta a gelatina previamente escorrida e enxuta. Deita imediatamente o preparado numa tigela e coloca esta dentro de outra contendo água com gelo.

  2. Entretanto lava as uvas e enxuga-as num pano. Quando o leite começar a prender, bate as natas com o restante açúcar e junta os bagos de uva. Guarda os mais bonitos para a decoração.

  3. Retira a vagem de baunilha do leite e adiciona as natas com as uvas. Aromatiza com o licor. Mistura cuidadosamente todos os ingredientes e deita numa forma de pudim previamente passada por água fria.

  4. Leva ao frigorifico durante pelo menos 3 horas. Desenforma o pudim mergulhando rápidamente a forma numa taça com água a ferver. Enfeita a superficie do pudim com as uvas que guardaste.

Garoupa à dugléré

Garoupa à dugléré é uma receita clássica Francesa. Os peixes cozinhados nela são cortados em filetes. O que justifica o nome desta maneira de preparar o peixe é o facto de o molho incluir na sua composição tomate picado e caldo de peixe concentrado. Leva quase 1 hora a ficar pronta e dá para 4-5 pessoas.

Ingredientes
  • 1 kg de garoupa (em filetes)
  • 3 tomates grandes
  • 1 cebola
  • 1 chalota
  • 1 dl de vinho branco
  • 60 g de manteiga ou margarina
  • sumo de 1 limão
  • salsa, sal e pimenta q. b.
Para o caldo
  • peles cabeças e espinhas do peixe
  • 1 cebola com 1 cravo-da-índia
  • 8 grãos de pimenta
  • 1 cenoura
  • 1 fola de louro
  • 1,5 dl de vinho branco
  • salsa e sal q. b.
Preparação

  1. Arranja o peixe, retira-lhe a pele, a cabeça e as espinhas. Começa por preparar primeiro o caldo colocando num tacho grande todos os ingredientes indicados. Rega com 2 litros de água e deixa ferver durante 1 hora. Retira a espuma que se forma à superficie. Passa o caldo obtido por um pano limpo e húmido.

  2. Num tabuleiro bem untado, coloca a cebola e a chalota picadas, os tomates (sem peles e nem grainhas) picados grosseiramente, a salsa picada e tempera com sal e pimenta ao teu gosto. 

  3. Dispõe os filetes sobre este preparado, rega com o vinho branco e espalha por cima metade da margarina. Leva a cozer em forno moderado durante cerca de 25 minutos.

  4. Entretanto, leva o caldo de peixe preparado ao lume, a concentrar, até obter 1,5 dl. Retira os filetes da garoupa e coloca-os no prato onde vão ser servidos.

  5. Passa o molho por um passador e leva a apurar numa caçarola, com 3 colheres de caldo de peixe, sobre um lume médio. Fora do lume, junta o resto da margarina cortada em bocadinhos e algumas gotas do sumo de limão. 

Paella à valenciana

A paella à valênciana é, talvez, o prato da cozinha Espanhola mais conhecido em todo o mundo. Em todas as paellhas é obrigatório o uso de galinha e pimentos morrones. Com um tempo de preparação e cozedura de cerca de 90 minutos é uma receita que serve 6 pessoas.

Ingredientes
  • 350 g de arroz
  • 1 frango
  • 12 caracóis
  • 2 tomates
  • 2 enguias pequenas
  • 2 pimentos morrones
  • 2 dentes de alho
  • 8 gambas
  • 6 camarões
  • 500 g de lulas
  • 1 kg de mexilhões
  • 150 g de ervilhas
  • 150 g de feijão verde
  • 2 dl de azeite
  • rodelas de 1 limão
  • sal, pimenta e açafrão q. b.
Preparação

  1. Parte o frango aos bocados e tempera com sal. Arranja as enguias e corta-as também aos bocados. Arranja as lulas e corta-as às argolas. Prepara os mexilhões, lavando-os muito bem, esfregando-os e retirando-lhes as barbas. Abre-os sobre lume vivo e retira uma das conchas.

  2. Deita o azeite na paella (frigideira), introduz o frango e as enguias e deixa alourar. Adiciona as lulas e polvilha com os dentes de alho picados. Junta o feijão verde cortado em bocados, as ervilhas e os tomates, sem pele nem grainhas, e cortados aos bocadinhos. Tempera com sal e pimenta ao teu gosto e deixa refugar.

  3. Adiciona água a ferver (duas vezes o volume do arroz) e o açafrão. Deixa ferver até o feijão verde deixar de saber a cru. Junta o arroz e deixa cozer durante 15 minutos a partir do momento de ebulição.

  4. Introduz os mexilhões, as gambas e os caracóis previamente cozidos e enfeita com os pimentos morrones em tiras, meias rodelas de limão e os camarões cozidos. Serve directamente na paella bem quente.

Abacate ao vinagrete

Abacate ao vinagrete é uma entrada muito fácil e rápida de preparar. É economica, fica pronta em menos de 25 minutos e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 2 abacates
  • 1 limão
  • 1 ramo de salsa
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de chá de mostarda
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 dl de azeite
  • salsa para decorar
  • sal e pimenta q. b.
Preparação
  1. Descasca os abacates e corta-os ao meio. Deita fora o carço e coloca-os numa tigela. Rega com o sumo de meio limão e corta cada metade de abacate às fatias. Num prato de servir, dispõe as fatias desconcertadamente.
  2. Coloca, num copo misturador, o alho esmagado com a salsa picada, o açúcar, a mostarda, o sumo de limão (com que regou o abacate) e o azeite. Tempera com sal e pimenta ao teu gosto e tritura com uma varinha mágica. Verte o preparado por cima do abacate e decora com gomos do restante limão e folhas de salsa.

Costeletas de porco à salsicheiro

Esta receita de costeletas de porco à salsicheiro é uma receita simples mas cozinhada desta forma com pepinos de conserva e alcaparras torna-se mais requintada. É um prato economico que fica pronto em pouco mais de 30 minutos e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 4 costeletas de porco
  • 120 g de cogumelos picados
  • 30 g de manteiga ou margarina
  • 2 chalotas picadas
  • 1 colher de sopa de vinagre
  • 1 colher de sopa de alcaparras
  • 2 colheres de sopa de pepinos picados
  • 1,5 dl de vinho branco (ou caldo de carne)
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Tempera a carne com sal e pimenta ao teu gosto. Aqueçe a manteiga numa frigideira e frita as costeletas durante cerca de 5 minutos, em lume forte. Baixa a chama e deixa cozer por mais 10 minutos. Aumenta novamente a chama durante os últimos 5 minutos.

  2. Retira as costeletas para um prato e mantem-nas quentes. Junta o vinagre à gordura de fritar as costeletas e mistura bem. Adiciona as chalotas e os cogumelos e deixa cozer 2 minutos.

  3. Rega com o vinho branco (ou com o caldo de carne), deixa ferver 2 minutos e junta a salcaparras e os pepinos. Deita sobre as costeletas e serve.

Açorda de bacalhau

Esta receita de açorda de bacalhau é uma receita tradicional à moda Alentejana. É uma receita fácil que fica pronta em pouco mais de 30 minutos, isto sem contar com o tempo de demolhar o bacalhau. Dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 300 g de bacalhau seco graúdo
  • 400 g de pão alentejano (da véspera)
  • 200 g de rabanetes
  • 4 ovos
  • 2 dentes de alho seco
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 raminho de coentros frescos
  • sal q. b.
Preparação

  1. Coze o bacalhau previamente demolhado (durante 36 horas). Retira o bacalhau e aproveita a água da cozedura (sem deixar ferver) para escalfar os ovos. Retira os ovos e reserva o caldo. Prepara um piso, esmagando num almofariz o azeite, os alhos descascados, os coentros lavados e escolhidos e o sal.

  2. Leva o caldo da cozedura do bacalhau ao lume e junta-lhe o piso assim que levantar fervura. Entretanto corta o pão em fatias ou pedaços e distribui pelos pratos.

  3. No momento de servir, deita o caldo sobre o pão, os ovos e o bacalhau já cortado em pedaços ou em lascas e acompanha com rodelas de rabanetes.

Bavaroise de café

Bavaroise de café á uma sobremesa fácil de preparar. É uma receita que dá para 6 pessoas embora leve cerca de 1 hora a ficar pronta, isto sem contar com o tempo de frio.

Ingredientes
  • 50 g de café torrado moído
  • 150 g de açúcar
  • 2 gemas
  • 2 dl de leite magro
  • 4 folhas de gelatina
  • 4 dl de natas
Preparação

  1. Leva o leite ao lume e deixa ferver. Junta o café moído, tapa e deixa repousar durante cerca de 10 minutos.

  2. Bate as gemas, numa tigela, com o açúcar até obteres uma mistura clara. Junta a mistura do leite com café e mexe bem. Deita num tacho e leva ao lume, mexendo sempre, até começar a ferver. Retira do lume, adiciona as folhas de gelatina previamente demolhadas, mexe e deixa arrefecer.

  3. Bate as natas em chantilly espesso, junta ao preparado anterior e mistura delicadamente. Deita para uma forma previamente passada por água fria e leva ao frigorífico até solidificar. Antes de servir mergulha a forma em água quente para desenformar e serve decorado ao teu gosto. 

Salada fria de sapateira e peixe

Esta salada fria de sapateira e peixe também pode ser servida como entrada. Especialmente apreciada em dias quentes é um prato que pode servido frio. É uma receita fácil que dá para 4 pessoas e leva cerca de 45 minutos a preparar.

Ingredientes
  • 1 sapateira pequena
  • 500 g de filetes de pescada
  • 1 pimento vermelho
  • 1 cebola
  • 1 lima
  • 1 ramos de salsa
  • 1 colher de sopa de ketchup
  • folhas de alface
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Leva a sapateira a cozer em água temperada com sal e pimenta, durante cerca de 25 minutos. À parte coze os filetes juntamente com o pimento, cortado às tiras, em água temperada apenas com sal, durante 5 minutos. 

  2. Deixa a sapateira arrefecer, reserva as bocas inteiras e retira o miolo. Coloca dentro de uma tigela e tempera com sal, pimenta, o ketchup e metade do sumo da lima. Junta a cebola picada e mistura bem. Guarda. 

  3. Depois de fritos, dispõe os filetes no prato onde vão ser servidos. Complementa com as folhas de alface (muito bem lavadas), o pimento e a pasta de sapateira. Acrescenta as bocas da sapateira e decora com a restante lima e a salsa.

Espetadas de lulas com bacon

Esta receita de espetadas de lulas  é acompanhada com bacon. É uma receita economica e rápida pois fica pronta em pouco mais de meia hora. É muito fácil de preparar e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 800 g de lulas
  • 100 g de bacon
  • 1 cebola pequena
  • 1 pimento
  • sumo de 1 limão
  • 30 g de manteiga
  • sal e pimenta q. b.
Acompanhamento
  • 200 g de arroz carolino
  • 150 g de cenoura
  • 50 g de cebola
  • pedaços de lulas
  • 4 cl de vinho tinto
  • 3 cl de azeite
Preparação

  1. Depois de amanhares as lulas corta-as em pedaços e tempera com sal e pimenta ao teu gosto. Corta o bacon em cubos bem como o pimento e a cebola. Intercala a cebola e o bacon com as lulas. 

  2. Rega com o sumo do limão e leva à grelha bem quente. Despois de grelhadas as espetadas, coloca-as numa travessa decorada com gomos de limão e manteiga derretida.

  3. Faz um arroz caldoso com os pedaços que sobram das lulas. Leva ao lume o azeite com a cebola picada e deixa alourar. Adiciona as lulas em pedacitos e deixa refogar um pouco. 

  4. Acrescenta o vinho tinto, deixa apurar e junta um litro de água a ferver. Depois de ferver tempera com sal e junta o arroz carolino. Deixa cozer. Podes acompanhar com a cenoura crua ralada.

Faisão imperial

Este prato de faisão imperial, não podendo embora ser cozinhado com frequência, é de grande efeito. Qualquer refeição com este faisão torna-se extremamente requintada. No entanto é uma receita que leva cerca de 2 horas na sua preparação e mais 1 hora de cozedura. Dá para 6 pessoas.

Ingredientes
  • 1 faisão
  • 250 g de carne de porco limpa
  • 250 g de carne de vitela
  • 5 tiras grandes de toucinho
  • 200 g de manteiga ou margarina
  • 1 dl de natas
  • 1 trufa
  • 50 g de farinha
  • 2 ovos
  • 1 cálice do vinho do Porto seco
  • 1 cálice de brandy
  • sal, pimenta e noz-moscada q. b.
Para a guarnição
  • 30 dl de geleia
  • 150 g de fios de ovos (sem serem enxaropaos)
Preparação

  1. O faisão tem de ser morto de modo a não ferir a cabeça nem prejudicar as penas. Com um golpe transversal pelo lado do peito procura tirar a pele sem danificar as penas, mantendo inteiros o pescoço, as asas e as pernas e retirando apenas as coxas. 

  2. Nesta operação deves ter em atenção as vísceras e não deixar romper a pele do faisão. Se aparecer sangue à superficie, coloca no local um pouco de fécula para o sangue coagular. Retira as vísceras e guarda os miúdos. Com uma faca bem afiada separa a carne do faisão dos ossos. 

  3. Forra com as tiras de toucinho uma forma rectângular. Mistura a carne do faisão com as carnes de porco e de vitela passadas pela máquina de picar e junta os ovos, a farinha, a trufa picada, a margarina, o brandy, o vinho do Porto e as natas. 

  4. Tempera com sal, piementa e a noz-moscada ao teu gosto. Mistura tudo muito bem e deita o preparado na forma. Tapa com as pontas do toucinho e coloca um peso por cima. Leva a cozer ao forno, em banho-maria, durante 1 hora. 

  5. Desenforma o patê e deixa arrefecer. Corta-o depois em fatias. Coloca uma rodela de madeira, com cerca de 10 cm de diâmetro, forrada com papel prateado no centro do prato onde o faisão irá ser servido. Sobre esta põe uma armação de arame e coloca o faisão na posição que entenderes. À volta dispõe as fatias de patê e enfeita com os fios de ovos e triângulos de geleia.

Salada de ovos mimosa

Esta salada de ovos mimosa pode ser servida em qualquer altura do ano, no entanto ela pode ser enriquecida no verão com algumas fatias de pimentos assados ou crus e aromatizada com orégãos. É uma receita rápida e muito fácil de preparar. Pode ser servida como entrada e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 3 ovos
  • 4 tomates
  • 1 lata de atum
  • 6 filetes de anchova
  • 50 g de azeitonas pretas
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de mostarda branca
  • 1 colher de sopa de alcaparras
  • 1 colher de sopa de vinagre
  • 1 dente de alho e salsa q. b.
Preparação

  1. Escalda os tomates e corta-os às rodelas. Dispõe os tomates numa saladeira, previamente esfregada com o alho. Coloca por cima o atum e as anchovas aos bocadinhos, as alcaparras e as azeitonas descaroçadas. 

  2. Coze os ovos durante cerca de 10 minutos. Escorre e desfaz os ovos num passador de rede. Entretanto, faz um molho com a mostarda, o azeite e o vinagre e rega os tomates com este preparado. Cobre os ovos desfeitos e polvilha com a salsa finamente picada.

Tamboril em sal grosso com pêra e vinho tinto

Esta receita de tamboril em sal grosso acompanha com pêra e vinho tinto. O peixe assado no forno com uma camada generosa de sal não fica salgado no final. É uma receita fácil de preparar e dá para 4 pessoas. 

Ingredientes
  • 1 kg de tamboril
  • 1 kg de sal grosso
  • 1/2 cávena de sal fino
  • 2 pêras
  • 2 claras
  • folhas largas de espinafre
  • 1 colher de sobremesa de açucar de cana
  • 1/2 copo de vinho tinto
  • 1 colher de sopa de vinho branco
  • azeite e mel q. b.
Preparação

  1. Numa tigela, amassa os dois tipos de sal com as claras e o vinho. Limpa e lava bem o peixe. Envolve-o nas folhas de espinafre e coloca-o numa assadeira sobre uma camada da mistura de sal. Rega com um fio de azeite e cobre com o restante sal, comprimindo bem com as mãos.

  2. Leva ao forno pré-aquecido a 200º C durante cerca de 25 minutos. Descasca as pêras, corta aos pedaços compridos e cozinha numa frigideira com um pouco de mel, açucar de cana e o vino tinto. Retira o peixe do forno, quebra a crosta de sal e rejeita as folhas de espinafre. Retira o peixe e serve-o com pedaços de pêra.

Rolos de alho-francês com fiambre

Esta entrada de rolos de alho-francês com fiambre é fácil de preparar. É uma receita rápida e economica servindo 4 pessoas.

Ingredientes
  • 4 alhos franceses muito tenros
  • 3 ovos
  • fatias de fiambre q. b.
  • azeite
  • salsa
  • farinha
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Limpa e lava os alhos franceses e coze-os em água com sal. Depois de escorridos corta-os em pedaços de 5 cm. Envolve cada um numa fatia de fiambre. Passa estes conjuntos pela farinha, de seguida por ovos batidos e frita-os em azeite. Escorre o excesso de gordura sobre papel absorvente e dispõe numa travessa. 

  2. Deita um pouco do mesmo azeite numa caçarola, aqueçe e polvilha com uma colher de sopa de farinha. Mistura rápidamente até começar a alourar. Adiciona, aos poucos, o caldo de cozer os alhos franceses, em quantidade suficiente para obteres um creme espesso. Polvilha com salsa picada, tempera com pimenta a gosto e deixa cozinhar apenas alguns segundos. Deita sobre os rolos e serve.

Gaspacho andaluz

Gaspacho andaluz é uma sopa gelada ideal para servires num dia de muito calor. Além de nutritivo também é muito decorativo pois as guarnições são servidas em separado. É uma receita economica e fácil de preparar. Fica pronta em pouco mais de meia hora e dá para 6 pessoas.

Ingredientes
  • 600 g de tomate
  • 2 pimentos verdes grandes
  • 1 pepino pequeno
  • 2 dentes de alho
  • 150 g de pão
  • 1 cebola
  • 3 colhres de sopa de azeite
  • 3 colhres de chá de vinagre
  • 7,5 dl de água
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Corta o pão aos quadradinhos e deixa alourar no forno. Tira a pele e as grainhas aos tomates e corta metade destes aos cubos regulares. Guarda para a decoração. Corta também aos cubos um dos pimentos e metado do pepino. Descasca e pica a cebola grosseiramente guardando também metade para a decoração. 

  2. Descasca os dentes de alho e, num almofariz, pisa-os com sal grosso, juntamente com metade da porção do pão, o restante pimento, a metade restante do tomate, da cebola e do pepino. Quando todos os ingredientes formarem uma papa, deita numa terrina e adiciona o azeite e o vinagre.

  3. Tempera com sal e pimenta a gosto e dissolve este preparado com a água gelada. Serve em recipientes separados o pão, o pimento, o tomate e o pepino cortados em quadradinhos e a cebola picada. Podes também servir com azeitonas pretas. Num dia de muito calor coloca uma pedra de gelo em cada prato.

Picanha no forno com molho de citrinos

Esta receita de picanha é feita no forno e acompanha com molho de citrinos. Pode ser servida em qualquer altura do ano e dá para 4 pessoas. É uma receita fácil, economica e fica pronta em menos de 1 hora.

Ingredientes
  • 1 kg de picanha
  • 300 g de arroz
  • 1 laranja
  • 1 limão
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 pimento encarnado
  • 1/2 pimento verde
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de margarina
  • 6 dl de água quente
  • 1 ramo de salsa
  • sal e pimenta q. b.
Para o molho de citrinos
  • 1 dl do vinho do Porto branco
  • sumo de 1 laranja
  • sumo de 1 limão
  • 0,5 dl de água
  • 2 dl de caldo de carne
  • 1 colher de chá de farinha maisena
  • 1 colher de chá de mostarda
Preparação

  1. Corta a picanha às fatias, com cerca de 1 cm de espessura e dispõe num tabuleiro de forno, forrado com a cebola cortada às rodelas. Tempera com sal e pimenta ao teu gosto e, por cima, espalha a manteiga aos pedaços. Leva ao forno a 220º C, durante pelo menos 25 minutos. 

  2. Guarda a picanha e aproveita o molho que se formou para fazer o molho de citrinos. Para isso, envolve no molho da carne o vinho do Porto e os sumos de laranja e do limão. Leva ao lume até ferver e junta-lhe o caldo da carne quente. Deixa ferver novamente e adiciona a farinha maisena, préviamente diluida na água. Mexe bem até obteres um molho cremoso. Aromatiza com a mostarda e reserva. 

  3. Refoga ligeiramente os dentes de alho na margarina. Adiciona os pimentos aos cubos pequenos e o arroz. Envolve tudo muito bem, deixa saltear um pouco e rega com a água quente. Tempera com sal e pimenta e deixa cozer em lume brando durante cerca de 10 minutos. Serve com o arroz numa forma e, em volta, dispõe a laranja e o limão, ambos às rodelas. Coloca a picanha por cima, rega com o molho de citrinos e decora com a salsa.

Almôndegas de perú com esparguete

Esta receita de almôndegas de perú com esparguete é confeccionada com peito de perú, uma carne muito seca. Para não deixar secar o peito de perú picado, quando fizeres as almôndegas não comprimas muito a carne. É um prato que fica pronto em cerca de 1 hora e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 500 g de peito de peru picado
  • 350 g de esparguete
  • 850 g de tomate pelado (sem sal)
  • 250 g de molho de tomate de lata (sem sal)
  • 1 cebola pequena finamente picada
  • 3 dentes de alho picado
  • 1 fatia de pão de forma esfarelada
  • 1/4 de chávena de leite magro
  • 4 colheres de chá de azeite
  • 3 colheres de sopa de Parsemão ralado
  • 3 colheres de sopa de farinha
  • sal, pimenta e salva seca q.b
Preparação

  1. Aqueçe uma colher de chá do azeite em lume brando numa firgideira antiaderente pequena. Junta a cebola e o alho e salteia durante cerca de 5 minutos, ou até a cebola estar branda. Passa para uma tigela grande, junta o pão e o leite e mistura bem. Junta o peru, o Parmesão, uma pitada de sal, a salva e a pimenta. Envolve bem e molda 20 almôndegas.

  2. Passa as almôndegas pela farinha, sacudindo o excesso. Agora numa frigideira antiaderente grande, aqueçe o resto do azeite em lume brando. Junta as almôndegas e frita, voltando-as, durante 4 minutos, ou até estarem bem douradas.

  3. Junta o tomate e a calda, o molho de tomate e um pouco de sal e deixa levantar fervura. Baixa o lume e deixa apurar 10 minutos, ou até as almôndegas estarem bem passadas.

  4. Entretanto, numa panela grande com água a ferver coze a massa segundo as instruções da embalagem até estar al dente. Escorre e transfere para uma tigela grande. Junta as almôndegas com o molho e mexe bem para misturar.

Rolo de carne à francesa

A confecção desta receita de rolo de carne à francesa pode levar cerca de duas horas e meia a preparar e cozinhar. No entanto pode fazer um prato muito requintado. Dá para 6 pessoas.

Ingredientes
  • 250 g de carne de porco
  • 250 g de carne de vaca ou vitela
  • 100 g de toucinho
  • 50 g de chouriço
  • 4 ovos
  • 2 cebolas
  • 2 cenouras
  • 4 cravos-de-cabecinha
  • 40 g de manteiga ou margarina
  • 20 bolachas de água e sal
  • 20 grãos de pimenta
  • 1 copo de vinho branco
  • salsa, louro e azeitonas pretas q. b.
  • sal, pimenta e noz-moscada q. b.
Preparação

  1. Passa pela máquina de picar as carnes, o chouriço, as bolachas, 1/4 da porção de toucinho e um ramo de salsa. Tempera com sal, pimenta e noz-moscada. 

  2. Coze uma cebola, previamente picada, com a margarina e, quando aquela estiver macia, junta-a ao preparado anterior. Adiciona os ovos inteiros e amassa tudo muito bem. Com a ajuda de um rolo, estende o preparado e por cima coloca algumas tiras de toucinho, azeitonas pretas descaroçadas e enrola. 

  3. Envolve o rolo de carne num pano branco e limpo. Mergulha-o num tacho com água a ferver, à qual juntaste as cenouras, a restante cebola cravejada com os cravos-de-cabecinha, o vinho branco, os grãos de pimenta, um ramo de salsa, uma folha de louro, sal e o restante toucinho. 

  4. Quando o rolo estiver duro, retira o tacho do lume e deixa o rolo arrefecer dentro do caldo. Serve cortado em fatias e enfeita ao teu gosto.

Sopa primavera

A receita desta sopa primavera é mais saborosa quando confeccionada com legumes frescos. Também pode ser servida noutra altura do ano com legumes de conserva ou congelados. No final o queijo pode ser suprimido mas é de ter em conta que este enriquece o paladar desta sopa e a torna mais nutritiva. É uma receita fácil mas que leva mais de 45 minutos a ficar pronta e dá para 4 pessoas.

Ingredientes
  • 1,5 lt de caldo de frango
  • 250 g de ervilhas descascadas
  • 250 g de feijão verde
  • 3 cenouras
  • 1 nabo grande
  • 1 cebola
  • 1/2 couve-flor
  • 1 ramo de hortelã
  • 2 colheres de sopa de queijo ralado
  • sal e pimenta q. b.
Preparação

  1. Arranja e lava os legumes como habitualmente. Corta as cenouras e o nabo aos cubinhos, e o feijão verde em losangos. Pica a cebola e divide a couve-flor em raminhos.

  2. Leva o caldo de frango ao lume e deixa ferver destapado, a fim de o concentrar, durante 5 minutos. Introduz os legumes e um pouco de hortelã. Tapa a panela e deixa cozer até os legumes estarem macios, mas sem os deixar desfazer.

  3. Rectifica o sal e tempera com pimenta. Serve a sopa polvilhada com o queijo ralado. Coloca em cada prato um raminho de hortelã.